Notícias com a tag ‘Festival de Cannes’

Quatro produções da Imagem Filmes concorrem à Palma de Ouro em Cannes

Cosmopolis, Lawless, Killing Them Softly e The Paperboy fazem parte dos filmes em competição do 65º Festival de Cannes.

Em coletiva de imprensa realizada na manhã desta quinta (19), no Intercontinental Le Grand Hotel, em Paris, o presidente de um dos principais festivais de cinema do mundo, anunciou os filmes que fazem parte da seleção oficial do 65º Festival de Cinema de Cannes.

E entre os selecionados, estão quatro produções que serão distribuídas no Brasil pela Imagem Filmes, veja abaixo os detalhes dessas produções:

Cosmópolis (França / Canadá / Portugal / Itália, 2012, 105 minutos), mais novo trabalho do cineasta canadense David Cronenberg, com Robert Pattinson, Juliette Binoche e Paul Giamatti. O filme acompanha 24 horas na vida de Erick Packer (Pattinson) um multi-milionário que cruza a cidade para cortar o cabelo, mas no caminho acontecem várias surpresas e pessoas pouco comuns irão transformar sua jornada.

Os Infratores (Lawless) (EUA, 2012, 115 minutos), baseado no livro homônimo de Matt Bondurant e sob a direção de John Hillcoat, com Tom Hardy, Shia LaBeouf, Guy Pearce, Gary Oldman e Mia Wasikowska, narra a saga de família Bondurant que vão escrever as primeiras páginas da máfia nos Estados Unidos, com muita rebeldia e força.

Killing Them Softly (EUA, 2012, 100 min.), direção de Andrew Dominik, com Brad Pitt, James Gandolfini, Ray Liotta e Sam Shepard. Baseado no bestseller homônimo de George Higgins, conta a história de um detetive (Pitt) que é contratado para investigar um assalto a um jogo de pôquer que acontecia sob a proteção da máfia.

The Paperboy (EUA, 2012, 101 min.), dirigido e produzido por Lee Daniels, com Zac Efron, Nicole Kidman, John Cusack e Matthew McConaughey, baseado no livro de Peter Dexter, que também contribui no roteiro do filme ao lado de Daniels, a história acompanha dois irmãos (Efron e McConaughey) que se unem para investigar um caso de assassinato, onde o condenado (Cusack) está no corredor da morte.

O festival, que será realizado entre os dias 16 e 27 de maio na bela Riviera francesa, têm como presidente do júri este ano, o cineasta italiano Nanni Moretti, e os vencedores serão conhecidos em cerimônia de encerramento, que será realizada no último dia do evento.

Visite nossas redes sociais:

http://twitter.com/#!/imagemfilmes

http://www.facebook.com/ImagemFilmesBR

 

Saiba mais das produções da Imagem Filmes que foram premiadas em Cannes

A Árvore da Vida
Vencedor da Palma de Ouro

É do diretor Terrence Malick (Terra de Ninguém, Cinzas no Paraíso, Além da Linha Vermelha e O Novo Mundo), que recebemos uma experiência cinematográfica provocadora.
Com Brad Pitt, Sean Penn e Jessica Chastain é um hino à vida e escava respostas para as perguntas mais assombrosas e pessoais da natureza humana por meio de um caleidoscópio do íntimo e do cósmico, desde as emoções brutas de uma família de uma pequena cidade no Texas às fronteiras infinitas do tempo e do espaço; da inocência de um menino aos encontros transformadores com o medo, o maravilhoso e a transcendência.

Drive (título a definir)
Vencedor do Prêmio de Melhor Direção

Dirigido pelo dinamarquês Nicolas Winding Refn (Pusher) a produção conta a historia de um piloto de carros duble em Hollywood (Ryan Gosling) que presta servições de choffer para criminosos do submundo do crime. Quando aceita ajudar o marido de uma amiga, o piloto torna-se alvo de um dos homens mais perigosos de Los Angeles. Quando ele percebe o perigo que está correndo, a única forma de proteger as pessoas que eles mais ama, é fazer o que ele faz de melhor: dirigir!
Veja aqui o que os jornalistas, que assistiram em Cannes, acharam do filme.

This Must Be The Place (título a definir)
Vencedor do Prêmio do Juri Ecumênico

Bastante aplaudido durante e ao fim de sua sessão em Cannes, o filme de Paolo Sorrentino (Il Divo) , fala sobre um roqueiro de meia-idade que sai a procura de um ex-militar nazista que humilhou seu pai. O filme conta com a participação novamente de Sean Penn que, até certo momento do festival, foi o favorito para ganhar o Prêmio de Melhor Ator no festival.

Confira o que a imprensa nacional e internacional, presente no festival de Cannes, está falando sobre Drive, distribuído pela Imagem Filmes aqui no Brasil:

Indiwire
Drive tem grandes perspectivas comerciais e deve ajudar a elevar o perfil de Refn (o diretor) para o público americano.

Variety
“Estrelado por Ryan Gosling como um duble de Hollywood/motorista de fuga, Drive tranforma o gênero desgastado de assaltos-que-dão-errado em uma produção que oferece novas emoções durante a história.”

Screen Daily
“O filme super elegante e, muitas vezes, super violento de Nicolas Winding Refn é uma homenagem aos filmes magníficos filmes americano de crime nos final dos anos 80 e 90, apresenta Ryan Gosling como um impressionante monossilábico anti-herói preso em uma espiral de traição e violência.”

Hollywood Reporter
“Ryan Gosling se junta ao pódio dos fortes e silenciosos heróis no filme de ação do diretor Nicolas Winding Refn”

Los Angeles Times
“o filme recebeu todas as atenções na quinta-feira durante o festival, com todo o mérito.”

Guardian UK
“Apertem os cintos; é um grande passeio.”

The Sundays Times UK
“Certamente o filme mais legal em Cannes.”

Rope of Silicon
“Um filme que você vai querer assistir muitas e muitas vezes. Classe A+”

BestMovie.It
“Não há mais nada a dizer exceto – assista! – Drive é tudo que você pode querer em um filme: cenas fortes, uma bela trilha sonora, o uso expressivo e surpreendente da iluminação, uma direção original (com a mais bela cena de roubo que eu vi, mesmo antes dos créditos de abertura), um romance desesperado; corajosa, intransigente e brutal violência; diálogos marcantes e um elenco perfeito”

Ig – Último Segundo
“Drive”, de Nicolas Winding Refn, na noite desta quinta-feira (19) no Festival de Cannes 2011, foi das poucas que fez a plateia vibrar, inclusive provocando aplausos em cena aberta, além de gritos de susto e gargalhadas de pura diversão.

O Globo
“Enfim, um filme de macho no 64º Festival de Cannes: “Drive”, de Nicolas Winding Refn”

“Diretor do ótimo “Pusher”, lançado recentemente no Brasil em DVD, Nicolas maturou sua estética crua para retratar cenas de violência e encontrou em Gosling um ator de fartos recursos dramáticos, capaz de compensar em gestos a proposital escassez de diálogos. “

“”Driver” é uma aposta corajosa da curadoria de Cannes em formato de thriller que nos anos 70 rendeu joias como “Os implacáveis” e “Sob o domínio do medo”.

[http://www.youtube.com/watch?v=uQ-1PtveVGw]

Charlie Kaufman estréia na direção e concorre à Palma de Ouro

Cultuado roteirista apresenta seu Synecdoche, New York no festival de cinema mais charmoso do mundo.

Synecdoche, New York (título original), que marca o estréia na direção do cultuado roteirista e produtor Charlie Kaufman (Brilho Eterno de uma Mente sem Lembranças, Adaptação e Quero Ser John Malkovich), concorrerá à Palma de Ouro no 61º Festival de Cannes.

Durante o festival ainda será exibido, fora de competição, o primeiro longa-metragem de Woody Allen filmado na Espanha, Vicky Cristina Barcelona (título original). No elenco, estão Scarlett Johansson, Penélope Cruz e Javier Bardem.

Completam a lista de longas da Imagem Filmes no festival Surveillance (título original), de Jennifer Lynch – filha do diretor David Lynch – e Ashes of Time Redux (Dung che sai duk) do aclamado diretor chinês Kar Wai Wong, de 1994.

O festival começa no próximo dia 14 de maio e vai até o dia 25, data que o Presidente do Júri, Sean Penn, anunciará o grande vencedor da Palma de Ouro.

Atenciosamente,
IMAGEM FILMES.